Schinus terebinthifolius Raddi 

abacaíba, aroeira, aroeira do sertão, aroeira mansa, aroeira pimenteira, cambuí

 Anacardiaceae

Schinus terebinthifolia

 não 5

 Pampa, Mata Atlântica (Floresta Estacional Semidecidual, Floresta Ombrófila, Mangue, Restinga), Cerrado (Campo Limpo de Cerrado, Floresta Ciliar) 5

 Restauração, Arborização urbana, Silvicultura

A aroeira é uma árvore pequena, que atinge até 15 m de altura. Ela é bem comum na beira de rios e córregos, mas é também encontrada em capoeiras e áreas abandonadas. Possui tronco torto e sinuoso, de casca áspera. Suas folhas são de coloração avermelhada quando jovens e suas flores são melíferas, muito visitadas por abelhas. Os frutos da aroeira são bem pequenos, arredondados, de coloração vermelho-viva, utilizados como tempero na culinária. Da semente se extrai um óleo com propriedade inseticida; da casca se retira uma resina para vedação, além do tanino que é usado para fortalecer redes de pesca.

 produtos madeireiros (mourões, construção civil, carvão, lenha), produtos não madeireiros (alimentação animal (forragem), alimentação humana, apícola, recurso para fauna, medicinal, ornamental, corantes, óleo, resina, substâncias tanantes) 7,2,1,3,4

Etnobotânica & Históriaabrir
Características geraisabrir
Cuidadosabrir
Ecologia & reproduçãoabrir
Produção de mudasabrir
Dados madeireirosabrir
Bibliografiaabrir